//Brasileiros faturam a primeira etapa do Campeonato Mundial de Rally Cross Country no Catar

Brasileiros faturam a primeira etapa do Campeonato Mundial de Rally Cross Country no Catar

O Brasil é campeão da primeira etapa do Campeonato Mundial de Rally Cross Country, que terminou hoje em Doha, no Catar. O paulista Reinaldo Varela e o catarinense Gustavo Gugelmin venceram a prova entre os UTVs com um Can-Am Maverick X3. O último dia de disputas teve 263,88 quilômetros cronometrados.

É a primeira vez que uma dupla brasileira vence uma etapa do Mundial nos UTVs. Varela e Gugelmin faturaram 6.000 dólares em prêmios, mas que se deu bem foi Gustavo. Reinaldo doou a parte dele para o fiel escudeiro usar no casamento, que ainda não tem data marcada. Ele ficou noivo de Raquel Cardenuto durante festa de réveillon, em Santa Catarina.

A corrida no Catar começou na última sexta-feira e percorreu 1.398 quilômetros no total, divididos em seis trechos cronometrados.

Nasser Al Attiyah, que está correndo no quintal de casa, e o francês Mathieu Baumel venceram entre os carros com uma Toyota Hilux. Aliás, a dupla também faturou o Dakar 2019, disputado em janeiro no Peru.

A corrida no Catar foi marcada pela navegação difícil e também pelo “mar de pedras”. Era comum o UTV ter vários pneus furados no mesmo dia.

Hoje, no final do trecho cronometrado, um susto para a dupla brasileira. A cartela de controle de tempo, que fica em poder do navegador, saiu voando devido ao vento forte a poucos metros da linha de chegada.

“Tive que descer do UTV e sair correndo uns 300 metros para pegar a cartela. E o Reinaldo ficou parado ali. A gente não sabia se podia dar ré ou não. Um sufoco”, narrou Gustavo Gugelmin.

Varela, que além de campeão do Dakar nos UTVs tem dois títulos do Rally dos Sertões nos carros, resumiu a prova no país da Copa do Mundo Fifa 2022. “Foi um rali muito difícil, com muita pedra. E um verdadeiro teste para os pneus. Só hoje furamos três. O importante é saber que nossos ajustes estão no caminho certo e o Can-Am X3 está terminou em perfeitas condições.

A segunda das cinco etapas da temporada será em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, em março. A competição também vai para o Turquemenistão, na Ásia Central, Cazaquistão e finalmente para o Marrocos, em outubro.

Resultado final dos UTVs na Campeonato Mundial de Rally Cross Country no Catar

1. Reinaldo Varela (BRA)/Gustavo Gugelmin (BRA) – Can-Am Maverick – 19h14min08seg
2. Fedor Vorobeyev (RUS)/Kirill Shubin (RUS) – Can-Am Maverick X3 – 21h47min20seg
3. Camelia Liparoti (ITA)/Max Delfino (FRA) Yamaha YZX 1000 R – 23h05min26seg
4. Abdullah Al-Zubair (OMN)/Nasser Al-Kuwari (QAT) Can-Am Maverick – 114h32min26seg
5. Adel Abdulla (QAT)/Marc Serra (ESP) Can-Am Maverick – 115h01min00seg
6. Khalid Al-Mohannadi (QAT)/Loic Minaudier (FRA) – Polaris RZR 1000 – 116h23min19seg
7. Michele Cinotto (ITA)/Maurizio Dominella (ITA) – Polaris RZR 1000 T – 117h48min05seg
8. Ahmed Al-Kuwari (QAT)/Manuel Lucchese (ITA) – Can-Am Maverick X3 – 119hrs 35min 07sec
9. Mohammed Al-Attiyah (QAT)/Sergio Lafuente (URU) – Can-Am Maverick – 209h01min46seg
10. Rashed Al-Mohannadi (QAT)/Ahmed Al-Fares (KWT) Polaris RZR 1000 – 215h08min06seg

Fonte: Vipcomm / Autor: Assessoria de Imprensa – CBA