Quem não foi perdeu, Velocidade na Terra foi show

Em grande estilo, o Circuito Ferreirão, em Camaçari, retornou, na manhã deste domingo (20), ao cenário do Campeonato Baiano de Velocidade na Terra com a disputa da quarta e terceira etapas

Um espetáculo de tirar o fôlego. Foi o que proporcionaram os pilotos das categorias Turismo, Speed e Kart Cross que participaram da prova de Camaçari. Inicialmente, a terceira e a quarta etapa do Baiano de Velocidade na Terra estavam previstas para o Circuito Lelo Bala, em São Francisco do Conde, mas as fortes chuvas do inverno baiano não deixaram.

Com a aproximação da etapa do Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra que será realizada pela Federação de Automobilismo da Bahia (FAB) em Setembro, em São Francisco do Conde, a entidade resolveu realizar a terceira e quarta etapas no Circuito Ferreirão, em Camaçari. Valeu à pena. A pista estava inpecável, muito bem preparada para os pilotos da Velocidade na Terra da Bahia mostrarem suas habilidades.

Após a bandeirada, foram quatro baterias de tirar o fôlego, com a disputa começando, forte, já na tomada de tempo para a classificação da largada. Entre todos, o mais rápido foi o piloto da categoria Speed, Reynaldo Lucas, o Tabaréu de Mata de São João que ficou com o melhor tempo. Mas, no congresso técnico antes da prova, os pilotos decidiram que os carros da Turismo largariam na frente e Lucas  foi para o meio do grid.

Isto não foi problema para o ídolo de Mata de São João. De forma muito arrojada, Reynaldo foi passando todo mundo até o primeiro colocado, Flávio Estrela que liderava sem ser ameaçado. Assim, a primeira bateria das categorias Turismo e Speed chegava até a última volta, mas ainda não estava decidida.

Faltando menos de cinco curvas, o carro de Estrela teve problemas e o piloto perdeu a liderença para Reynaldo que foi o primeiro a receber a bandeirada. “Com muita luta, com muito suor conseguir recuperar a primeira colocação. Teve pegas bastante acirrados, primeiro com Charles, de Miguel Calmon, e depois com o Flavio, de Camaçari”, explicou o vencedor geral e da Speed, na terceira etapa.

Outro que fez uma tocada segura para retornar ao alto do pódio foi o piloto de Camaçari, José Nicolau. “Eu até entrei na pista pensando que não ia chegar ao final, porque meu carro estava com um probleminha de suspensão, mas, graças à Deus, deu para chegar e tive a honra de ser o primeiro”, comemorou o piloto que foi o responsável pela manutenção do Ferreirão para a prova.

Na categoria Kart Cross, Romero Sampaio venceu as duas baterias com uma boa vantagem. Na terceira etapa, o segundo colocado foi Antoni Morais que também abriu uma boa vantagem sobre o terceiro, Rodrigo Meira, o Bruxo. Na quarta etapa Rodrigo Meira e Denison Sena superaram Antoni Moraes e ganharam uma posição no pódio, sendo o segundo e o terceiro colocados, respectivamente.

Resultado da 3ª etapa do Campeonato Baiano de VNT 2017                       

Categoria Turismo:

1º) José Nicolau (771) – 25 pontos

2º) Kléber Doria (31-A) – 20

3º) Flávio Estrela (759) – 15

4º) Hamilton  Santos (714) – 10

5º) Rodrigo Meira (701) – NC

Pole: Flávio Estrela (759) – 1m03s86

 

Categoria  Speed:

1º) Reynaldo  Lucas (369) – 25

2º) Charles Barreto (444) – 20

3º) Maiquel Silva (141) – 5

4º) David Teixeira (5) – 10

5º) Manoel Perez (333) – NC

Pole: Reynaldo  Lucas (369) – 1m03s00

 

Categoria Kart Cross:

1º) Romero Sampaio (763) – 25

2º) Antoni Morais (711) – 20

3º) Rodrigo Meira (40) – 15

4º) Denison Sena (769) – 10

Pole:  Romero Sampaio (763) – 1m05s84

 

4ª Etapa:

Categoria Turismo:

1º) José Nicolau (771) – 25 pontos

2º) Flávio Estrela (759) – 20

3º) Hamilton  Santos (714) – 15

4º) Kléber Doria (31-A) – NC

 

Categoria  Speed:

1º) Reynaldo  Lucas (369) – 25

2º) Charles Barreto (444) – 20

3º) Maiquel Silva (141) – 5

4º) David Teixeira (5) – 10

5º) Manoel Perez (333) – NC

 

Categoria Kart Cross:

1º) Romero Sampaio (763) – 25

2º) Rodrigo Meira (40) – 15

3º) Denison Sena (769) – 15

4º) Antoni Morais (711) – NC

 

Classificação após 4 Etapas:

Categoria Turismo:

1º) José Nicolau (771) – 61,0

2º) Hamilton  Santos (714) – 56,0

3º) Flávio Estrela (759) – 54,5

4º) Jackson Sodré (723) – 25,0

5 º) Kléber Doria (31-A) – 20,0

6º) Leri Ricardo (762) – 15,0

7º) Gustavo Ferreira (726) – 10,0

8º) Diego Batista (757) – 8,0

9º) Leonardo Gonzatto (700) – 7,5

10º) Fernando Hurst (729) – 4,0

11º) Antonio Neto (779) – 4,0

12º) Chinayter  Carvalho – 0,0

13º) Selma Moraes – 0,0

 

Categoria  Speed:

1º) Maiquel Silva (141) – 65,0

2º) Reynaldo  Lucas (369) – 52,0

3º) Charles Barreto (444) – 40,0

4º) Jorge Sena (332) – 27,5

5º) David Teixeira (5) – 20,0

6º) Alexandre Martins (80) – 20,0

7º) Manoel  Perez (333) – 0,0

 

Categoria Kart Cross:

1º) Romero Sampaio (763) – 97,0

2º) Antoni Morais (711) – 50,0

3º) Ramon Alves (737) – 45

4º) Rodrigo Meira (40) – 45

5º) Denison Sena (769) – 43

6º) Alecsandre Morais (304) – 6,0