De volta à F1, Button fala sobre treinos em Mônaco: “Parece que vou bater”

Inglês voltou à categoria para substituir Fernando Alonso, que está nos EUA para disputar a Indy 500. Campeão mundial de 2009 fez o 12º melhor tempo do dia em Monte Carlo.

Jenson Button voltou ao cockpit da McLaren nesta quinta-feira, meses depois de sua última corrida na Fórmula 1, o GP de Abu Dhabi do ano passado. Substituindo Fernando Alonso, que está nos EUA para disputar a Indy 500, o inglês até então não tinha guiado nenhuma vez o novo carro da Fórmula 1, adaptado ao regulamento da temporada 2017. Satisfeito com o resultado nos dois primeiros treinos livres em Mônaco, o campeão de 2009 comentou sobre a experiência de retornar às pistas.

– No primeiro treino livre senti meu pé bem rápido. A segunda sessão foi um pouco mais complicada, porque a pista tinha mais aderência e é bem diferente do que experimentei nos últimos sete anos. Eu freio nas curvas, e parece que vou bater nas barreiras de proteção. É estranho no começo, mas definitivamente estou pegando o jeito – afirmou.

Clique aqui e veja a matéria completa no Globo Esporte.