Brasileiro de Turismo 1600: inscrições subsidiadas para pilotos vão só até esta quarta-feira

Adversários no Paranaense de Marcas, Paulo Bento e Caíto Carvalho formam dupla no Brasileiro de Turismo 1600.

Programação da primeira etapa no Autódromo Internacional de Cascavel prevê oito sessões de treinos livres. Corridas terão transmissão na TV
O Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel (PR), receberá a partir desta quarta-feira (24) equipes de vários centros automobilísticos, que no domingo (28) vão disputar as duas corridas da primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo 1600. A categoria estende para o âmbito nacional as provas com carros nacionais de motores 1.6 que já integram os campeonatos regionais e estaduais de automobilismo existentes Brasil afora.

O prazo para inscrições com subsídio na taxa vai esta quarta-feira. Os pilotos devem preencher o formulário existente no campo “Inscrições” do site da categoria, brasileirodeturismo1600.com, onde há todas as instruções para o procedimento de pagamento. A taxa é de R$ 1.800,00 por carro para pilotos inscritos até este prazo – a partir da quinta-feira (25) haverá um acréscimo de 20% na taxa, conforme anunciado previamente pelos organizadores.

A taxa independe do número de pilotos, já que o regulamento permite a participação individual e em dupla. A inscrição em dupla tem sido opção bem aceita. Uma das duplas é formada pelos irmãos mineiros Wanderson e Leandro Freitas, da Stumpf Preparações/Gerson Motorsport. “O Wanderson é o meu maior professor, mesmo estando um contra o outro. Em 2016 fomos vice-campeões do Festival Brasileiro em dupla. Só tenho a ganhar”, diz Leandro.

Uma das duplas vai reunir campeões do Festival Brasileiro da categoria. Leandro Zandoná, paranaense que conquistou o título em 2013, vai atuar ao lado de Gabriel Correa, goiano que obteve os títulos de 2014 e 2016. Eles revezam um dos Ford Ka da Classe A-Ferrari Motorsport. “O acerto do carro para a minha pilotagem e para a do Gabriel é idêntico, nós dois temos estilos muito parecidos. Então, correr em dupla só acrescenta”, aponta Zandoná.

Caíto Carvalho e Paulo Bento, pilotos de Cascavel que têm atuações individuais nos campeonatos Paranaense e Metropolitano, vão participar em dupla do Brasileiro. “É um bom formato para diluir o custo de competição. Nós vamos fazer todo o Brasileiro em dupla, com uma boa chance de terminar entre os cinco melhores, e seguimos cada um em seu carro no Paranaense e aqui no Metropolitano”, informa Bento. Eles são pilotos da Sensei-Sorbara Motorsport.

A inscrição em dupla foi a opção, também, dos cariocas Alexandre Seda e Francisco Júnior, que vão competir com o GM Celta da brasiliense Landerson Competições. “Todo piloto prefere correr o máximo de vezes que puder, mas a participação em dupla ajuda a viabilizar a presença”, considera Seda. “Nós dois também corremos em dupla no Paulista. Então, mantendo isso no Brasileiro, conseguimos seguir até o fim dos dois campeonatos”, pondera.

CAMPEONATO BRASILEIRO DE TURISMO 1600
(Horários de treinos e corridas para primeira etapa)

Sexta-feira, 26 de maio
9h10 – primeiro treino livre (50 minutos)
10h50 – segundo treino livre (50 minutos)
14h20 – terceiro treino livre (50 minutos)
16h35 – quarto treino livre (50 minutos)

Sábado, 27 de maio
9h15 – quinto treino livre (30 minutos)
11h15 – sexto treino livre (30 minutos)
13h00 – sétimo treino livre (30 minutos)
15h00 – oitavo treino livre (30 minutos)
16h50 – treino classificatório

Domingo, 28 de maio
8h15 – treino de aquecimento (15 minutos)
9h55 – largada da primeira corrida (30 minutos mais uma volta)
13h40 – largada da segunda corrida (30 minutos mais uma volta)
Texto: Assessoria
Foto: Divulgação

 

Fonte: Velocidade Total