Rússia pode ser palco de virada na F-1. Confira os 5 motivos para ver o GP

Hamilton ficou em segundo ano passado, após dobradinha da Mercedes.

A Fórmula 1 chega à Rússia para a quarta etapa de um campeonato que vem sendo bastante disputado até aqui. Diferentemente dos últimos anos, a categoria tem visto um duelo apertado entre dois pilotos de equipes diferentes: Sebastian Vettel, da Ferrari, lidera a tabela com sete pontos de vantagem para Lewis Hamilton, da Mercedes.

Com outro tipo de pista e especialmente de clima, a etapa de Sochi promete ser bem distinta da última corrida, disputada no Bahrein, e, pelo menos no papel, é uma grande chance para Hamilton roubar a ponta do campeonato.

Confira os 5 motivos para não perder o GP da Rússia

1. Terreno perfeito para virada de Hamilton:

O inglês está em segundo no campeonato, sete pontos atrás de Sebastian Vettel, mas tem tudo para reverter o quadro no GP da Rússia. A etapa foi dominada pela Mercedes desde que entrou no calendário, em 2014, tem longas retas, o que ajuda a salientar a força do motor alemão, e o asfalto bastante liso, causando menos degradação nos pneus. E tem sido justamente esse o ponto fraco da Mercedes no duelo direto com a Ferrari nesta temporada.

2. Frio inesperado pode bagunçar equipes:

Com a onda de frio por que passa a Europa neste mês de Abril, as temperaturas em Sochi estão quase 10ºC abaixo do que o normal para o período e a máxima prevista para os próximos dias é de 18ºC, o que interfere muito no aquecimento dos pneus, algo que tem sido particularmente difícil para os times entenderem neste ano. Por outro lado, a boa notícia para as equipes é que a chuva que tem caído constantemente na região nos últimos dias deve cessar durante o final de semana.

Clique aqui e veja a matéria completa no Esporte UOL.